MPRN adere à Campanha do Lixo Eletrônico

O Ministério Público do Rio Grande do Norte aderiu à Campanha do Lixo Eletrônico promovida pela empresa Natal Reciclagem como parte da semana do meio ambiente. A Procuradoria-Geral de Justiça, em Candelária, será Ecoponto de coleta no período entre 6 a 10 de junho.

A ação é a sexta campanha do lixo eletrônico promovida pela Natal Reciclagem em comemoração à Semana do Meio Ambiente 2016. O objetivo é conscientizar a população ao problema do lixo eletrônico e com a oportunidade para que se desfaça de diversos equipamentos eletrônicos em desuso, destinando-os de forma ambientalmente adequada.

Para a coordenadora do Centro de Apoio às Promotorias do Meio Ambiente (CAOP-MA), promotora de Justiça Mariana Marinho Barbalho, o destino correto desse tipo de lixo é de suma importância. “Uma vez expostos ao sol e/ou chuva, alguns desses equipamentos podem entrar em combustão ou liberar substâncias tóxicas para o solo e lençóis freáticos, contaminando-os. Além disso, esse tipo de trabalho diminui o volume de lixo que é levado aos aterros sanitários e lixões”, explicou.

Nesta campanha serão recebidos celulares, carregadores, notebook, nobreak, estabilizadores, tablet, CPU, monitor, TV, impressora, modem, CD-ROM, telefone, DVD, vídeo cassete, rádio, caixa de som, relógio, microondas, liquidificadores, secadores, exaustores, ventiladores, pendrives, central telefônica, fios, cabos elétricos, fone de ouvido, teclado, mouse, controle remoto, câmera fotográfica, decodificador, geradores, placas de circuitos, dentre outros.

A empresa esclarece que o descarte de grandes geradores ou elevadas quantidades de lixo, oriundos de empresas por exemplo, serão destinados ao Ecoponto fixo, na sede da Natal Reciclagem, localizada na Rua Adolfo Gordo, 2279 na Cidade da Esperança.

A idealizadora da campanha alerta ainda que lâmpadas não serão recebidas nesta edição devido ao alto risco de acidente com os demais resíduos. Nesse caso, orienta-se que estas sejam devolvidas aos lojistas ou revendedores de seus fabricantes que, de acordo com a Lei 12.305/2010, são obrigados a realizarem sua própria logística reversa.

Após finalizada a campanha, os resíduos serão transportados para a sede da Natal Reciclagem onde serão pesados, quantificados, descaracterizados e desmontados, a fim de que sejam enviados para as devidas indústrias de reciclagem e processamento final de cada item.

Após todo esse processo, o que antes era lixo será transformado em matéria-prima para a fabricação de um novo produto. Mais informações acerca da campanha: (84) 3081-2525.

 

Fonte: http://www.mprn.mp.br/portal/inicio/noticias/7466-mprn-adere-a-campanha-do-lixo-eletronico

 

FALE CONOSCO!

Não estamos online agora. Mas, você poderá enviar suas dúvidas, que em breve responderemos.

Questões, dúvidas? Em que podemos ajudar?

Pressione ENTER para Conversar