Descarte corretamente os rejeitos eletrônicos

A destinação adequada de aparelhos e equipamentos atesta a gestão eficiente da empresa e pode ser um diferencial competitivo.
O computador de sua empresa quebrou? Queimou uma lâmpada no escritório? Acabou a carga das pilhas? Garanta a responsabilidade ambiental do seu empreendimento e se desfaça desses produtos eletrônicos no local apropriado.

Boas práticas de gestão não dependem somente da aquisição de novos equipamentos, mas também do descarte adequado daqueles itens que não servem mais.

Estima-se que cada brasileiro descarte uma média de 2,6 quilos de lixo eletrônico anualmente. Na indústria, comércio ou setores produtivos, que trabalham com grande quantidade de aparelhos, esse número é ainda maior.

Com o Plano Nacional de Resíduos Sólidos, sancionado em 2010, a destinação dos rejeitos foi regulamentada, com cláusula especial para o lixo eletrônico. O descumprimento da legislação pode gerar multas para o empreendedor e prejudicar a imagem da organização.
Descarte indevido
O descarte inadequado de refugos eletrônicos pode desencadear uma série de problemas. O principal deles é a contaminação do meio ambiente com substâncias nocivas, entre elas, metais pesados como mercúrio, berílio e chumbo, altamente prejudiciais à saúde humana e de animais e plantas.

Se jogado no lixo comum, equipamentos como baterias, placas eletrônicas, celulares, monitores e componentes informáticos podem liberar essas substâncias, contaminando o solo e o lençol freático.

A queima libera fumaça tóxica, que contamina o ar, podendo provocar diversos danos ao homem. Além disso, os itens plásticos e metálicos demoram séculos para se decompor, poluindo o meio ambiente por várias gerações.
Destinação dos rejeitos
Para evitar que o lixo eletrônico ocasione problemas, é necessário que a empresa adote medidas simples e permanentes para dar o devido destino aos aparelhos que não servem mais.

Para a coleta de baterias e pilhas, por exemplo, basta um coletor plástico identificado em um local de fácil acesso. Depois, é só solicitar que empresas especializadas na reciclagem desse material recolha o que foi descartado.

Já os componentes eletrônicos, a exemplo de monitores, celulares e peças de informática, devem ser armazenados em lugar seco e ventilado. A fim de evitar que a umidade danifique as peças internas. Sendo enviados em seguida para locais apropriados de descarte.

Várias cooperativas e empreendimentos de reciclagem de lixo eletrônico estão sendo organizados em todo o país. Verifique qual a mais próxima em sua região.

Outra opção é saber se a empresa que fabricou o produto não dispõe do sistema de logística reversa, no qual o equipamento sem uso pode ser devolvido diretamente para o produtor. A implementação desse tipo de serviço é exigência do Plano Nacional de Resíduos Sólidos.

Lâmpadas fluorescentes exigem rigorosa atenção no descarte, pois possuem mercúrio em seu interior. É necessário então acomodá-las de maneira cuidadosa. Para evitar que quebrem, devem ser embrulhadas com jornal ou plástico bolha. As lâmpadas devem ser descartadas em locais apropriados de coleta.
Vantagens para a empresa
O descarte correto dos resíduos caracteriza uma boa gestão das rotinas da empresa. Também podem constituir um diferencial competitivo, principalmente em relação ao marketing verde.

Implementar o sistema de coleta seletiva, com a devida atenção para o descarte dos materiais eletrônicos, pode render selos de responsabilidade ambiental à organização. Reconhecimento que pode abrir caminho para novos nichos de mercado.

Além disso, o descarte correto favorece o uso racional dos recursos, incentivando práticas de reciclagem e fortalecendo novas empresas que surgem nesse segmento.

Saiba mais
Precisa do endereço dos locais especializados na coleta de material eletrônico? No site E-Cycle, é possível fazer a busca por tipo de rejeito.
Matéria da Agência Sebrae de Notícias explica por que os rejeitos eletrônicos não devem ser considerados lixo: O lixo que não é lixo.

Fonte: http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/artigos/descarte-corretamente-os-rejeitos-eletronicos,0cedd15a9567d410VgnVCM1000003b74010aRCRD

 

WP_20160610_17_00_59_Pro

FALE CONOSCO!

Não estamos online agora. Mas, você poderá enviar suas dúvidas, que em breve responderemos.

Questões, dúvidas? Em que podemos ajudar?

Pressione ENTER para Conversar